• O azeite da semente do cânhamo é obtido por pressão a frio das sementes da planta, Canábis Sativa. O azeite da semente de cânhamo considera-se o mais nutritivo de todos os azeites disponíveis. Tem uma grande variedade de usos medicinais, nutricionais e cosméticos, pelo que é um ótimo ingrediente multi-usos. O azeite da semente de cânhamo tem uma história de uso pelas suas propriedades medicinais e nutricionais que datam a 4000 AC, na China foi usado por muito tempo como um remédio natural, muito popular nas culturas Orientais. O azeite de cânhamo fornece ao corpo proteína completa, a nutrição com todos os aminoácidos essenciais necessários para a saúde e bem-estar.


    Nos produtos cosméticos e de cuidado corporal, o azeite da semente de cânhamo é anti-inflamatório, anti-envelhecimento, combate inflamações da pele, ajuda a sarar lesões na pele, contem antioxidantes, previne a rotura dos tecidos, oferece alguma proteção contra a exposição UV e contem propriedades que combatem a pele seca..


    O azeite de cânhamo não é gordo, absorve-se facilmente pelos poros, tem propriedades hidratantes e rejuvenescedoras da pele. As pessoas com psoríase, acne, caspa ou pele seca podem beneficiar da aplicação nas zonas afetadas ou inclusive de adicionar o azeite nos produtos para o cabelo e para a pele. A regulação e humidade levam-se a cabo através duma capa da epiderme chamada de estrato córneo.


    O estrato córneo compõe-se de células da pele que se mantêm unidas por lípidos. As nossas células da pele morrem de forma continua sendo substituídas por outras novas. Este ciclo é controlado pela saúde da capa córnea, ou a capa de “barreira”. A chave para manter esta barreira saudável é a humidade, mantendo especificamente a água dentro da pele. Para que isso aconteça é necessário aplicar um agente humidificador (algo que atraia ou retenha a água). O azeite de cânhamo repõe os ácidos grassos essenciais e ajuda a manter a humidade na nossa pele.


    O azeite de cânhamo compõe-se de ácido grasso essencial 80%, a quantidade mais alta do que qualquer outra planta. Evita-se a perda de humidade num nível fisiológico. Isto não se limita apenas a “capa” de pele como fazem outros azeites. Contem a proporção ideal de ómega 6 e ómega 3 que necessitam as nossas células. Os ácidos grassos essenciais foram testados para proporcionar um equilíbrio saudável da humidade da pele.


    A pele que está carente de ácidos grassos essenciais permite uma maior perda de humidade, causando seca, problemas de pele seca tais como eczema, psoríase, descamação e perda de elasticidade. Esses problemas podem reverter-se mediante o uso de produtos que contenham ácidos grassos ómega 3 e 6. O uso regular do azeite da semente de cânhamo medicinal pode ajudar a reduzir os problemas de pele. Acalma e restaura a pele seca, deixando-a mais suave sedosa e húmida. Também é uma boa opção para o cabelo e cuidado dos lábios.


    O azeite das sementes de cânhamo tem propriedades anti-inflamatórias únicas que não se encontram noutros azeites. Dado que não obstruiu os poros como outros azeites, pode-se utilizar com segurança para hidratar a pele sem nenhuma acumulação de gordura. Tem uma alta fluidez e lubricidade e é rapidamente absorvido pela pele. O azeite de cânhamo também proporciona uma leve proteção UV.